Ano Novo… Vida Nova

id684
Standard
MAFALDA (QUINO)

Mafalda (Quino)

No próximo dia 31 de Dezembro às 24h00min muitos estarão vestidos de branco para celebrar o inicio do ano novo, alguns pularão sete ondas, outros comerão sete uvas, muitas lentilhas, sementinhas de romã ou farão sei lá o que mais visando boas novas, sorte no amor, saúde e paz… Porém nada mudará por encanto. “Será mais um dia que acaba e outro dia que começa”.
2016 está terminando! Que ano difícil…! Ano do pior governo dos últimos 20 anos; resultando em enorme quebradeira na economia brasileira, níveis de desemprego preocupante, corrupção vergonhosa e alarmante; Quem acredita no sistema politico brasileiro… Meu Deus!
Deixando a politica de lado, é importante ter a consciência que o ano novo não possui em si mesmo uma magia transformadora… “Vamos amanhecer a mesmíssima pessoa com os mesmíssimos sonhos e dificuldades”.

O ano de 2017 será melhor se nós o fizermos melhor.

As pessoas construíram o passado, constroem o presente e construirão o futuro. Sermos melhores depende exclusivamente de nós, da nossa vontade e da nossa disciplina.
Seguem algumas dicas para buscarmos o nosso melhor em 2017…

PROPÓSITO
Tudo começa com a consciência do “o quê”; do “como” e do “quando” devo melhorar. Pense no que realmente tem significado para melhoria de sua vida e como contribuirá para melhoria de sua vida pessoal, familiar e ou profissional.

METAS
Saiba exatamente o que você quer de forma bem específica, dizendo quais são suas metas e como irá atingi-las: a objetividade é essencial para o sucesso. Observe bem se elas são realmente atingíveis: seja realista, analise as metas cuidadosamente.

PLANEJE SEU TEMPO
Organize-se para adaptar suas metas à sua rotina. Defina as prioridades, estipule os prazos e tenha disciplina.

AJA
Tenha iniciativa e coloque tudo em prática. Agora é a hora de agir com foco em suas metas. Encare os desafios com determinação e persistência. Se necessário, busque ajuda com pessoas com propósitos semelhantes; crie parcerias. Coletivamente fica mais motivador.

PERSISTA
Mesmo com todas as prioridades definidas, devemos ter em mente que imprevistos podem surgir ao longo do ano. Se necessário reveja seu plano de ação e adapte-se às circunstancias
Não se apegue de forma alguma àquilo que deu errado, mas use os seus erros para avaliar o que deu certo, identificando assim os seus pontos fortes e fracos.
Se a sua motivação estiver vacilando, persista ainda assim. Visualize o seu futuro bem-sucedido.

COMEMORE e COMPARTILHE
Celebre suas conquistas! A celebração gratifica e entusiasma; é um grande motivador. Celebre e compartilhe todos seus sucessos com familiares e amigos.

P. Gratz


Você vai gostar de ler também:

Jenni – simpatia que encanta a todos

1
Standard

Como todos sabem, a Colaboradora Destaque do Primeiro Semestre de 2016 foi a nossa colega Jennifer Silva, nossa brilhante Consultora de Recursos Humanos.
O entusiasmo e o comprometimento são características que definem o perfil profissional da nossa colega. Aline Costa, também Consultora R&S, a define como “uma pessoa com o coração de ouro e uma simpatia que encanta a todos”. Deborah Lima, nossa Suporte de R&S, não hesitou em afirmar que a Jenni “é muito dedicada em tudo o que faz, é minha fonte de inspiração”. A Luciana, nossa Gerente de R&S, elogia assim: “A Jennifer destaca-se pelo respeito com os clientes, candidatos e colegas de trabalho. Identifica-se com o seu trabalho e faz toda a diferença para a Proativa com seu profissionalismo e empatia”. “Eu acho a Jenni uma menina fantástica, entusiasmada… eu nunca a vi com a cara fechada” afirma Paula Gratz, nossa diretora “o entusiasmo brilha em seu olhar”.
Foi muito bacana bater um papo com a nossa querida Jennifer. Faltando uma semana para o anúncio do resultado do destaque deste semestre, em clima de contagem regressiva, conversamos sobre a premiação, sobre sua carreira e planos para o futuro.

Reinaldo: Há quanto tempo você está na Proativa?
Jennifer: Trabalho desde agosto de 2010, já tem seis anos e quatro meses, os três primeiros foram como temporária.

R: Foi a primeira empresa que você entrou na área de RH? Como foi a sua trajetória?
J: Não, eu comecei a trabalhar com 16 anos em uma empresa voltada apenas para Estágios. Lá, nós fazíamos o encaminhamento de estudantes e administração dos contratos. Comecei como Estagiária do Ensino Médio e finalizei como Auxiliar Administrativo. Fazia um pouco de tudo, desde o atendimento ao estudante, emissão de contrato de estágio, preenchimento de etiquetas para anexar nas carteiras de trabalho, atendimento telefônico, contato com clientes e até chá (risos), pois era um escritório com uma equipe bastante enxuta, fiquei lá por aproximadamente dois anos e meio, pedi para sair porque consegui bolsa integral na faculdade e fiquei com medo de não dar conta. No entanto, não aguentei ficar em casa e consegui um novo emprego com carga reduzida, trabalhei por seis meses como Operadora de Telemarketing e voltei pro RH. Trabalhei em uma agência de empregos por um ano e seis meses e saí para fazer estágio em uma Consultoria de RH de 2007 a 2009, foi lá que comecei a trabalhar com PCD’s e me apaixonei. Trabalhei em mais uma agência de empregos por 9 meses e sai para entrar aqui.

2

R: O que te inspirou a estudar Psicologia?
J: Quando pequena, precisei fazer terapia, achei tão mágico que decidi pela graduação em Psicologia. Hoje, não consigo me ver fazendo outro curso.

R: E o que te inspirou a atuar na área de Recrutamento & Seleção?
J: Na verdade, foi a primeira oportunidade, antes mesma da faculdade, contudo, eu me apaixonei, principalmente pela possibilidade que me foi dada em trabalhar com pessoas com deficiência, não é apenas o fato de trabalhar com recrutamento e seleção, é a possibilidade de auxiliar os candidatos e tentar mostrar que a deficiência é só um detalhe, que eles não devem se deixar influenciar com os estereótipos.

R: O que te agrada mais na área do RH?
J: O contato com as pessoas, a possibilidade de conhecer novas áreas… aprendo muito também!

R: Quais são seus planos profissionais para o futuro?
J: Quero, preciso e vou fazer uma pós-graduação! E quero continuar trabalhando com o que me deixa feliz.

R: O que você pensou no momento em que você foi anunciada Colaboradora Destaque do Primeiro Semestre de 2016?
J: Nossa….que difícil! (risos) Foi um misto de emoções… primeira reação “Isso é sério mesmo?” fiquei muito feliz, de coração!

R: Ganhar esse prêmio te deixou mais segura e confiante?
J: Sim, pois não tinha ideia de que as pessoas tinham esse olhar a meu respeito. O fato de ser indicada, me deixou extremamente feliz, me senti reconhecida como profissional e pessoa… sou extremamente grata por tudo!

3

R: Você acha interessante a Proativa continuar com esse tipo de premiação?
J: Com certeza, qualquer ação voltada ao reconhecimento e incentivo aos colaboradores é benéfico.

R: Colaborador de destaque é aquele que…
J: Busca atender todas as solicitações da empresa, mas que não se limite apenas a sua atividade, que se mostre disponível a ajudar o colega quando necessário e que sabe respeitar a todos ao seu redor, além de ser empático diante das situações adversas que venham a surgir.

Reinaldo Araujo


Relembre também a premiação de 2015 com a entrevista relatada no post abaixo:

Família

id
Standard

O Dia da Família é comemorado anualmente em 8 de dezembro no Brasil.
A família é o primeiro espaço de convivência do ser humano.
Referência fundamental para qualquer criança, é na família que, independentemente de sua configuração, se aprende e incorpora valores éticos, e onde são vivenciadas experiências afetivas, representações, juízos e expectativas.
A estrutura familiar é de total importância para a construção do ser humano. A influência da família aparece tanto nos costumes quanto na formação do caráter, da área emocional, sentimental e racional.
Na sociedade a família deve ser o fator principal na formação da consciência cidadã do jovem e do adulto, e um espelho para a criança e o adolescente. Uma boa educação, vinda desde os primeiros passos garante uma base sólida e segura no contato com a diversidade cultural e social, que são características do período de amadurecimento.
Na escola a família também é essencial para manter um relacionamento que beneficiará o aluno que veio de uma família presente. Os pais ou responsáveis são também responsáveis desempenho escolar do filho, apoio e disciplina com as tarefas de casa, conduzindo para que assumam suas responsabilidades e compromissos.
A Família representa segurança, paz e tranquilidade.
É aconchego, porto seguro.
É consolo e equilíbrio nos momentos difíceis.
Família representa AMOR na sua complexidade mais ampla, onde se começa a história de todos nós.

Flávia Avancini


Você vai gostar de ler também:

#ForçaChape

Standard

  chapecoense_forca_chape

Deixamos aqui a nossa demonstração de pesar e solidariedade pelos sonhos interrompidos, pelas famílias e por toda uma nação que uniu-se em um só time. Hoje, no nosso blog não teremos matéria, apenas o nosso silêncio.