Dia do Caminhoneiro

CAMINHONEIROS BLOG
Standard

O Dia do Caminhoneiro é celebrado anualmente em 30 de junho.

No Brasil, existem três datas comemorativas que homenageiam os caminhoneiros: 30 de junho25 de julho e 19 de setembro.

O 30 de junho é considerado uma data regional, pois celebra a profissão de caminhoneiro na região do estado de São Paulo. Esta data foi oficializada através da lei nº 5.487, de 30 de dezembro de 1986.

O Brasil possui uma frota de cerca de 2 milhões de caminhões de carga, sendo 60% de motoristas autônomos. Estão registradas no Brasil mais de 11 mil empresas de transporte rodoviário de carga.

Cerca de 90% do transporte ferroviário de carga no Brasil é dedicado a minério e grãos, restando apenas 10% para outros produtos. Por isso, praticamente todos os itens indispensáveis para o consumidor, incluindo alimentos e combustível, dependem do transporte por caminhões.

O Brasil tem 1,7 milhão de quilômetros de estradas, sendo 12,9% pavimentadas e 79,5% sem pavimento. Desse total, ainda há as rodovias:

Municipais: 78,11%

Estaduais: 14,8%

Federais: 7%.

Agradecemos todos os profissionais que atravessam as longas estradas brasileiras, transportando as mais diversas mercadorias e movimentando a gigantesca economia nacional.

Desejamos que os caminhoneiros não tenham apenas um dia feliz.
Todos merecem uma vida feliz, trabalho com segurança e conforto, descanso justo, abraço e aconchego da família com mais frequência.

Que o nosso país possa reconhecer seu valor e proporcionar condições dignas a toda categoria.

 

Flávia Avancini

SINDICATOS – CONSELHOS – ASSOCIAÇÕES

SIND-CONS-ASSOC BLOG
Standard

O sindicato é uma organização que reúne pessoas de um mesmo segmento trabalhista ou empresarial. Por exemplo: Sindicato dos Metalúrgicos e, também de empresários, conhecidos como Sindicatos Patronais – Sindeprestem Sindicato das Empresas de Prestação de Serviços.

Os sindicatos têm como missão principal a luta pela melhoria das condições de trabalho, da remuneração dos profissionais e das relações entre empregados e empregadores de empresas privadas e públicas.

Os sindicatos têm como atribuição verificar jornada ideal de trabalho do profissional, piso salarial, acordos anuais, fazendo prevalecer todos os direitos trabalhistas garantidos pela CLT.

Os sindicatos de trabalhadores também são responsáveis pela organização de greves e manifestações voltadas para a defesa dos interesses da categoria.

No Brasil, existem também as chamadas centrais sindicais que reúnem sindicatos de diversas categorias. As principais são: CUT (Central Única dos Trabalhadores) e Força Sindical.

Os sindicatos são mantidos, principalmente, pelas contribuições sindicais pagas pelos trabalhadores associados.

Os conselhos profissionais são instituições do Estado, mantidas pelas contribuições dos profissionais a eles vinculadas; existem com a finalidade principal de controlar e fiscalizar o exercício das diferentes profissões, visando a proteção dos interesses da sociedade.

Existem diversos conselhos profissionais, podemos citar: OAB (advogados), CREA (engenheiros e arquitetos), CRM (médicos), CRP (psicólogos), entre outros tantos.

Entendemos que na medida em que a função primária dos Conselhos é defender a sociedade dos maus profissionais, indiretamente, também é uma defesa aos bons profissionais. Também cabe ao conselho, redigir e fiscalizar a utilização do Código de Ética e o Juramento Profissional.

A defesa da categoria de trabalhadores cabe aos sindicatos e a defesa da sociedade cabe ao Conselho.

Chama-se associação à união de várias pessoas empresárias ou não, com a finalidade de conseguir um objetivo em comum:
(Associação Comercial de São Paulo). Geralmente, trata-se de uma associação sem fins lucrativos (Associação de Proteção aos Animais / Associação de Moradores de Bairro); é conduzida de maneira democrática, isto é, todas as decisões que se tomam dentro da mesma são previamente consensuadas por seus integrantes.

Os sindicatos, os conselhos e as associações são criados e organizados pelas pessoas em torno de propósitos e lutas, visando o bem comum e a proteção da sociedade, dos animais e do meio ambiente.

“Sobretudo é a defesa do homem pelo homem”

Paula Gratz