A Inteligência Artificial Transformando Nossas Vidas

Standard

Já faz algum tempo que algumas profissões estão desaparecendo e outras surgindo, mas nós não estamos nos dando conta ou a devida importância. Transportes autônomos ou auto dirigíeis, robôs que aplicam anestesia, criptomoedas e softwares de análise financeira. Tecnologias que já existem hoje prenunciam intensa transformação no mercado de trabalho, na nossa maneira de viver e na maneira de nos relacionarmos.

Profissões que deixarão de existir

Piloto de Avião

Os especialistas dizem que a profissão será totalmente automatizada: o piloto automático e os sistemas computadorizados já pilotam as aeronaves. A ação humana ocorre somente na decolagem e no pouso; diversas empresas já fazem testes em aviões 100% autônomos.

Anestesista

Está em fase experimental o robô Sedasys que aplica e monitora anestesias em pacientes que serão submetidos a tratamentos mais simples em clínicas e hospitais. O médico acompanha múltiplos procedimentos em paralelo assim como acontece nas cirurgias com robôs.

Analista de Investimento

Um terço das vagas de trabalho nos bancos de investimento em Wall Street estão desaparecendo desde o ano 2000. Os robôs que operam em alta frequência (HFT) já representam hoje mais de 50% das operações diárias no mercado americano de ações. A competição não é mais pelo melhor analista, mas pelo melhor algoritmo capaz de entender as condições do mercado e tomar decisões de investimento.

Contadores – Auditores

Com as criptomoedas e registro de operações em Blockchain, o conceito de contabilidade desaparece, visto que todas as transações são públicas e tecnicamente impossíveis de serem fraudadas. O mesmo vale para auditores.

Headhunter – Recrutador

A convergência de poderosos algoritmos de inteligência artificial e especialistas em traçar o match entre demanda e oferta, substituirá a busca curricular tradicional. Os algoritmos são capazes de avaliar fotos, vídeos, posts e e-mails enviados por pessoas; já é prática comum dos entrevistadores e psicólogos utilizarem essas fontes para entender o perfil do candidato. O fluxo será o mesmo, mas desta vez feito por robôs.

Analistas Financeiros

Os softwares de análise financeira usam inteligência artificial e podem ler e reconhecer tendências em dados históricos para prever movimentos futuros de mercados.

Corretores de Seguro – Analistas de Risco

A quase totalidade dos corretores de seguro e analistas de risco ainda fazem o que já pode ser feito por computadores utilizando Big Data e Machine Learning. Realização de cotações, cálculos de prêmio, custos de apólice, avaliação de riscos individuais e coletivos, ganham em eficiência, quando softwares parametrizáveis colocam nas mãos do segurado as possibilidades de simulações e contratação dos seguros de forma automatizada.

A automatização é certa e a substituição de humanos por softwares será rápida. Especialistas indicam que até um terço dos postos de trabalho poderão ser ocupados por robôs até 2030.

A Inteligência Artificial é a capacidade de um dispositivo computacional replicar algumas habilidades cognitivas e assim, processar dados, raciocinar, otimizar processos, corrigir erros, ter mais precisão e solucionar problemas. IA está no corretor ortográfico do seu celular, que ao perceber que você escreveu determinada palavra de forma errada, a corrige, está no GPS que você utiliza para andar em uma estrada desconhecida e está presente também, no site que já prevê aquilo que você deseja comprar e te oferece sugestões de produtos.

Alguns Exemplos onde IA no nosso dia-a-dia

  • Assistentes de voz dos celulares como a Siri e o Google Now, que apresentam ao usuário as notícias que ele deseja ler;
  • Reconhecimento facial, quando a pessoa posta uma foto no Facebook e automaticamente o rosto dos indivíduos presentes na imagem são identificados;
  • Processos médicos como avaliações, simuladores de cirurgia e monitoramentos;
  • Aprendizagem através do uso de aplicativos, telas interativas e demais dispositivos.

IA nas empresas

  • Recursos humanos: através de máquina, é realizada uma avaliação e seleção dos candidatos com o perfil mais adequado à vaga em aberto;
  • Atendimento ao cliente: o primeiro contato com o cliente é feito através de chatbots (softwares de trocas de mensagem) para detectar informações simples e recorrentes, que vão ser tratadas posteriormente pelo vendedor;
  • Operações financeiras: inúmeros dados são analisados de forma simultânea e auxiliam a detectar fraudes, roubos e transações indevidas;
  • Atividades repetitivas: processos repetitivos que têm chances de desmotivar os colaboradores, podem ser realizados com o auxílio de máquinas;
  • Monitoramento: através do uso de drones, empresas realizam diversos monitoramentos em seus processos, como controle de estoque, por exemplo;
  • Gestão: softwares comunicam e conectam diversas informações da organização, o que auxilia gestores a tomar decisões mais assertivas e assim, alcançar os resultados desejados.

A tecnologia deve ser usada para promover avanços e desenvolvimento para os seres humanos, para que as coisas não saiam do controle. É imprescindível que pesquisadores e cientistas eduquem a sociedade quanto ao uso responsável da Inteligência Artificial.

Ao fazer isso, é possível lidar de forma assertiva com eventuais erros e ataques cibernéticos e manter a qualidade da tecnologia, bem como não colocar a vida humana em risco e aproveitar todos os pontos positivos que a Inteligência Artificial nos proporciona.

 

(O texto foi elaborado PGratz tendo como referência várias matérias na internet)