Dia Nacional do Livro

Standard

Dia Nacional do Livro é comemorado anualmente em 29 de outubro. Essa data foi escolhida em homenagem à fundação da Biblioteca Nacional do Livro, em 1810, pela Coroa Portuguesa. Na época, D. João VI trouxe para o Brasil milhares de peças da Real Biblioteca Portuguesa, formando o princípio da Biblioteca Nacional do Brasil (fundada em 29 de outubro de 1810).

No Brasil ainda se comemora o Dia Nacional do Livro Infantil, em 18 de abril, uma homenagem ao escritor Monteiro Lobato, que nasceu nesse dia.

O Brasil começou a editar seus próprios livros ainda em 1808, quando D. João VI fundou a Imprensa Régia. O primeiro livro a ser editado foi “Marília de Dirceu”, do escritor Tomás Antônio Gonzaga.

Desde então os brasileiros têm usufruído dessa experiência enriquecedora, já que o livro permite que o conhecimento seja multiplicado a todos que valorizam a leitura dos mais diversos títulos, autores e gêneros. A leitura é uma fonte inesgotável que permite que o leitor “viaje” pelo mundo, conheça outros costumes, amplie seu vocabulário e enriqueça a imaginação.

Diversas bibliotecas, livrarias e escolas realizam eventos para celebrar esse dia. Nas escolas, podemos destacar a leitura de livros pelos alunos, apresentações teatrais, ou mesmo, idas às bibliotecas do município. Bibliotecas e livrarias costumam realizar eventos com alguns escritores e apresentações dramáticas de algumas obras da literatura nacional e mundial.

Muitas livrarias realizam descontos nesse dia com o intuito de disseminar e estimular a prática da leitura.

É lamentável que a prática da leitura esteja cada vez mais sendo abandonada em função da tecnologia e das facilidades que ela nos traz. Entretanto cabe a nós, adultos, estimular essa prática para que as gerações futuras não percam informações relevantes da história da humanidade, não percam o acesso à tanta criatividade e possam continuar usufruindo de todo o bem que só a leitura pode nos dar.

 

Luciana Martino