E agora, como elaborar um Currículo?

Standard

A busca por uma inserção ou recolocação no mercado de trabalho começa com a elaboração de um bom currículo, mas muitas dúvidas acometem grande parte dos profissionais, abrangendo desde os que estão em início de carreira até os mais experientes.
O currículo servirá como roteiro da entrevista presencial do processo seletivo, porém antes disso inicia-se uma busca por candidatos com o perfil mais alinhado com os pré-requisitos. Vários currículos são avaliados, então, o primeiro passo é chamar a atenção do selecionador ao revelar a vivência profissional dentro da área disputada.
O currículo deve ser elaborado de acordo com a vaga pretendida, isto é, deve conter informações que a vaga exige. Jamais coloque informações falsas, esta ação trará situações constrangedoras e eliminará definitivamente as chances do candidato na empresa.
Não existe um formato de currículo ideal, mas deve-se lembrar de que ele será a porta de entrada do candidato na empresa, ou seja, poderá ajuda-lo ou eliminá-lo durante a seleção. Então, o modelo do currículo pode variar, pois existem candidatos com diferentes perfis e fases de carreira. Mas, normalmente segue uma mesma estrutura.

Dados pessoais
Inicie colocando seus dados pessoais, como nome completo, endereço residencial completo, idade e estado civil.
Informe as formas como o selecionador poderá contatá-lo (telefone fixo, celular e e-mail). Disponibilize os meios de contato, pelos quais é mais fácil encontra-lo. Deve-se evitar e-mails despretensiosos, os quais podem causar uma imagem de imaturidade. Evite e-mails com apelidos, nome de times ou menções constrangedoras.

Objetivo Profissional
Não coloque o objetivo profissional de modo genérico, preencha este campo de acordo com a vaga disputada. De preferência, coloque o nome da vaga pretendida. Tem que haver uma relação entre o objetivo e o que desempenhou na carreira até o momento.
Em vez de elaborar um único currículo, é mais estratégico criar várias versões do documento, adaptando o conteúdo de acordo com as exigências de cada contratante. Ajustar o currículo às características da vaga aumenta a relevância da sua candidatura e facilita ao recrutador avaliar se é adequado ou não para a vaga. Ambas as partes ganham tempo.

Qualificação Profissional (resumo das qualificações).
Esse campo deve conter as principais habilidades, conhecimentos, experiências e aptidões desenvolvidas pelo candidato e que o ajudarão no desempenho das funções para exercer o cargo pretendido. Também pode-se colocar termos técnicos e sistemas específicos importantes.
O resumo pode ser escrito como uma lista de tópicos ou em parágrafos simples, e não é necessário o uso de frases completas.
Pode-se iniciar destacando o tempo de experiência na área de atuação.
Pode acrescentar também as principais atividades, os projetos realizados e os resultados que foram gerados, os quais indicarão o que você conseguiu alcançar com aquele determinado projeto ou atividade.

Formação Acadêmica
Colocar em ordem decrescente sua vida acadêmica. Não é necessário mencionar a conclusão do Ensino Médio, a não ser que estejam cursando ou tenha somente esta etapa concluída.

Experiência Profissional
Coloca-se as experiências em ordem decrescente, iniciando pelo último ou atual emprego.
Informações como cargo, data de entrada e saída e principais atividades executadas devem ser colocadas valorizando os dados profissionais.
A experiência profissional é um fator importante para que o recrutador conheça mais as aptidões do candidato. Se já tiver informações sobre a vaga, aproveite para dar destaque para a experiência e habilidade que combinam com o cargo.

Cursos complementares e idiomas
Torna-se um diferencial aquele que se atualiza frente as necessidades do mercado. Para não ficar muito extenso, selecione os cursos que serão atrativos para a empresa. Cursos recentes e de relevância.

Outras Informações
Escreva aqui informações interessantes a seu respeito, tais como intercâmbios culturais que você possa ter feito e atividades de voluntariado.

Algumas dicas importantes que devem ser comentadas
– Os currículos precisam se tornar menos genéricos e mais precisos para chamar atenção. O recomendado é que não ultrapasse duas páginas, para não ficar extenso e com informações desnecessárias.
– Deixe em Negrito apenas títulos, isso facilitará ao selecionador encontrar o que deseja.
– Fique atento para não cometer erros gramaticais, de digitação, de concordância ou de informação, que podem causar má impressão.

Não se esqueça de manter sempre o seu currículo atualizado.

Letícia Carvalho


Você vai gostar de ler também: