O MARAVILHOSO AZUL DA TERRA

Standard

“A Terra é azul”, constatou Yuri Gagarin, o primeiro astronauta que avistou nosso planeta lá de cima.

É azul porque tem 1,5 bilhão de quilômetros cúbicos de água. Nosso planeta tem 70% mais água do que terra firme.

Apenas 2,7% desse 1,5 bilhão de quilômetros cúbicos são de água doce, sendo que dessa pequena porcentagem, grande parte está congelada nas regiões polares. Somente 0,7% estão escondidas no subsolo e mísero 0,007% está na forma de rios e de lagos…

O Sol aquece o solo, os rios e os mares; o vapor sobe, forma as nuvens, daí cai em chuva, alimentando rios, lagos, represas e lençóis subterrâneos. É assim desde que o mundo é mundo, o que nos leva a pensar que água é um recurso natural, abundante e inesgotável.

Engano nosso! A água é esgotável…!

Resíduos domésticos, industriais e agrícolas nas bacias crescendo proporcionalmente ao aumento da população e dos centros rurais e urbanos. Falta de informação gerando desperdício e mau uso dos recursos hídricos. Se nada de substancial for feito, a água será demasiadamente rara.

Cerca de dez milhões de pessoas morrem todo ano por causa do consumo de água contaminada.

Nos países desenvolvidos, ocorre contaminação das águas por resíduos industriais e, principalmente, por nitratos de sódio, cálcio e potássio encontrados nos fertilizantes usados na agricultura.

Nos países menos desenvolvidos, a questão da água doce está relacionada com o escoamento dos esgotos. Cerca de dois e meio bilhões de pessoas no mundo vivem sem saneamento básico.

No Brasil, com exceção da região Norte e parte do Centro-Oeste, onde estão as terras alagadiças do Pantanal, a situação dos recursos hídricos começa a ficar preocupante. Falta água na maioria das bacias do Nordeste, na Grande São Paulo, em regiões de Minas Gerais, Bahia e em algumas áreas do Rio Grande do Sul.

“O Brasil dispõe de 16% da água doce do planeta, mas sua distribuição é muito irregular”.

Para evitar a crise da água, serão necessárias doses de bom senso e muitos investimentos. Teremos de evitar o desperdício, interromper os processos poluidores e criar novas maneiras de captação, controle e distribuição de água.

Em minha opinião, a sociedade como um todo precisa trabalhar em conjunto. A poluição e o desperdício da água é um problema enorme, complexo e tem causas bem diferentes. Portanto, é essencial que envolva o governo, as empresas e, principalmente, as pessoas, de maneira que todos sintam que estão fazendo o certo em busca de um só objetivo.

 “O 8º Fórum Mundial da Água está acontecendo em Brasília”. Representantes do mundo todo estão reunidos e preocupados em analisar e encontrar soluções para o controle e preservação da água.

Paula Gratz